Cinema de Campo Grande realiza sessão adaptada para crianças com deficiência - Sarah Santos

segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Cinema de Campo Grande realiza sessão adaptada para crianças com deficiência



A sessão adaptada contou com legenda descritiva, Libras e audiodescrição 


No último sábado (10), crianças, jovens e adultos puderam assistir uma sessão de cinema acessível com clima adaptado, legenda descritiva, Libras e audiodescrição no Shopping Bosque dos Ipês. Em parceria com o projeto Sessão Azul, foi realizado um momento de lazer para crianças com distúrbios intelectuais e seus familiares. O filme exibido para as crianças foi uma versão dublada e em 2D de "O Rei Leão".

A diferença entre uma sessão adaptada e uma sessão para pessoas sem deficiência, é que a sala do cinema permanece com as luzes levemente acesas durante toda a exibição, o som é mais baixo que o comum e a plateia pode andar, dançar, gritar ou cantar à vontade. Para garantir a acessibilidade para crianças com deficiência visual ou auditiva, a exibição teve legenda descritiva, Libras e audiodescrição. O valor do ingresso respeitou a legislação que garante direito à meia entrada para pessoas com deficiência.

O objetivo do projeto é que a sessão adaptada de cinema possibilite a ambientação das crianças, permitindo e encorajando as famílias a frequentar as sessões regulares, além de inserir esta atividade cultural na rotina, abrindo novos horizontes e possibilidades de lazer, funcionando inclusive como uma extensão ao trabalho terapêutico.

“O projeto teve início, após observarmos vários casos em que as famílias de pessoas com o Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) deixavam de ter um convívio social maior, por receio da reação do autista em situações que para ele, não seja tão confortável, como por exemplo, ir ao shopping, restaurantes, festas ou ir ao cinema. Além disso, identificamos que existem poucas opções de entretenimentos especializados voltado para estas famílias no Brasil”, afirma a psicóloga Carolina Salviano, uma das idealizadoras do projeto Sessão Azul e fundadoras da CapaciTEAutismo.

Profissionais capacitados irão acompanham e orientam às famílias, de forma que a sessão funcione como uma espécie de treinamento para as crianças na adaptação ao ambiente do cinema, e também para os pais, orientando-os em como lidar com as dificuldades de adaptação da criança ao novo ambiente, de forma que auxiliem diretamente para realizar e facilitar esta ambientação.

Um comentário



Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *